Projeto
HISTÓRIA

Brasil Kirin e o time de Vôlei masculino de Campinas


A ESM, empresa que atua no mercado esportivo desde 1999, principalmente no futebol, percebeu a necessidade de desenvolver um ativo esportivo no interior paulista. O poder econômico (3º maior PIB do Estado de SP), aliado à carência de um projeto social/esportivo na região, fez surgir, em 2010, o projeto Vôlei Campinas.

O projeto sempre foi baseado em três pilares. O primeiro, o social, conta com a participação de mais de 600 crianças por ano, no qual os valores do esporte são passados para os jovens assistidos. São mais de 1.500 jovens que já passaram pelo projeto desde o seu início. O segundo, o de categorias de base, busca fazer com que o país se transforme em uma potência olímpica por meio do desenvolvimento da prática em âmbito nacional. Tão importante quanto os outros, o terceiro, que é o da alta performance, garante a visibilidade do projeto e inspira as crianças e os atletas de base a praticarem suas atividades.
Nos três primeiros anos, o projeto foi assistido pela Medley e pela Sanofi Aventis.

Desde junho de 2013 a equipe de Campinas ganhou um reforço de destaque com a chegada da nova patrocinadora. Como Vôlei Brasil Kirin é hoje reconhecido como um dos principais projetos de vôlei do país e obteve sua melhor performance na temporada 2015/2016, sendo vice-campeã da Superliga e da Copa Brasil.

A novidade para a temporada 2016/2017 é a chegada da Unimed Campinas e MRV Engenharia como patrocinadoras da equipe.
O diretor-geral da ESM, Luiz Fernando Ferreira, avalia o projeto de forma extremamente positiva: “Temos um modelo de gestão e entrega diferenciado e ficamos muito contentes com nossa relação com a Brasil Kirin, Prefeitura de Campinas e com os nossos torcedores. Acreditamos  no investimento através do esporte para o alcance de objetivos comerciais, de exposição, de relacionamento, sociais e temos hoje um projeto completo e vencedor”, afirmou Luiz Fernando.

O Campeão Olímpico André Heller é o Coordenador Técnico da equipe desde maio de 2014, após sua aposentadoria das quadras (Heller está no projeto desde o início em 2010).Além de André, Maurício Lima é o embaixador da equipe. Duas vezes medalhista de ouro em Olimpíadas (1992 e 2004), entre tantos outros títulos, Maurício possui grande experiência dentro e fora das quadras e prevê bons resultados com o grupo forte formado e a estrutura necessária para o desenvolvimento de um ótimo trabalho.

O projeto do Vôlei Brasil Kiriné patrocinado pela Brasil Kirin, Unimed Campinas e MRV Engenharia e tem o apoio da prefeitura de Campinas e da Sanasa. A cidade disponibiliza o Ginásio do Taquaral para treinos e jogos, além de toda logística para a manutenção do time. "A parceria que temos com a prefeitura de Campinas é essencial para garantirmos o sucesso do projeto. O ginásio está sempre lotado para os jogos da equipe, realizamos uma série de ações de ativação e relacionamento com nosso torcedor e isso é motivo de muito orgulho para o time e todos os membros da comissão técnica", concluiu Fernando Maroni, gestor do Vôlei Brasil Kirin.